Domingo, 17 de dezembro de 2017, 16h20   A | A | A
Agora só para o próximo ano

Feiras da Agricultura Familiar “É de Livramento” chega na sua última edição neste ano

“Durante o ano de 2017 foram sete edições com muita comercialização de hortaliças, doces, queijos, salgados, bolos, tortas, frutas cristalizadas, bebidas artesanais provenientes de produtos do campo, artesanatos e comidas típicas da região.”

Ascom ALMT

Feira da Agricultura Familiar em Livramento

As feiras da Agricultura Familiar, Gastronomia e Artes “É de Livramento”, promovido pela Prefeitura do município, através das secretarias municipais; Cultura e Turismo, e Desenvolvimento Rural chega em sua fase final neste mês de dezembro. Durante o ano de 2017 foram sete edições com muita comercialização de hortaliças, doces, queijos, salgados, bolos, tortas, frutas cristalizadas, bebidas artesanais provenientes de produtos do campo, artesanatos e comidas típicas da região.

 

A feira ‘É de Livramento’ teve como objetivo estimular a produção e o consumo de coisas produzidas no município, e ainda fortalecer a classe de pequenos produtores da agricultura familiar.

A última edição aconteceu na sexta-feira e sábado (15 e 16 de dezembro), na Praça Fernando de Barros (onde se realiza o Carnaval Banana-Folia de Livramento). O evento contou com a participação especial do SEBRAE/MT.

 

Além de hortaliças e artesanatos foi oportunizado aos visitantes variedades de comidas típicas da região, com preços bem em conta. Pratos à base de peixes de água doce como: mojica de pintado, quibes e croquetes, pacu seco com arroz, e frito a palito.

 

A culinária local não poderia fica de fora. O costume dos moradores do bucólico lugarejo de pouco mais de 12 mil habitantes também fez parte do menu do cardápio como: arroz branco e sem sal, com paçoca de pilão ou com carne seca. Conjuntamente foi oferecido arroz com galinha caipira, com costela de porco, e claro, pratos feitos com a matéria prima do lugar: a banana.

 

Segundo o secretário municipal de Cultura e Turismo, José Eugênio Maciel, a maioria dos produtos ali comercializados passou por rigoroso processo de controle, como os embutidos cárneos, queijo, ovos, mel e doces. “Olha, sempre temos a obrigação de averiguar de perto e cobrar dos nossos feirantes colaboradores, o máximo de higiene naquilo que aqui se comercializa”, confirmou Eugênio.

 

Vale ressaltar que nas sete edições, milhares de pessoas visitaram a feira e consumiram algum tipo de produto ali oferecido. Tanto é que a feira “É de Livramento” já se tornou um ponto de descontração nas noites livramentenses, reunindo pessoas de Cuiabá, Várzea Grande e outras regiões circunvizinhas. A feira passou a ser considerada como um dos maiores eventos já realizado na atual administração do prefeito Souza.

Leia mais sobre este assunto:

Previsão do Tempo