Quarta, 04 de outubro de 2017, 21h20   A | A | A
Linha de créditos

Prefeito Souza recebe equipe do Banco do Brasil

“O banco foi oferecer soluções específicas de apoio à gestão municipal, voltadas para alavancar programas que ajudam no desenvolvimento de políticas públicas e também promoção socioeconômico do lugar.”

Assessoria

Reunião com equipe do Banco do Brasil

O prefeito de Nossa Senhora do Livramento Silmar de Souza (PSDB) se reuniu na manhã desta quarta-feira (4) com representantes do Banco do Brasil. O encontro realizado no próprio gabinete do prefeito foi de cortesia e teve como objetivo estreitar a relação entre o BB e a Prefeitura, com a finalidade de propor novas linhas de créditos para investimentos, que visam melhorar a gestão e atendimento aos livramentenses.


A reunião também contou com a presença do vice-prefeito Joemi Almeida, do secretário de Finanças Otarci Nunes, o diretor executivo do Instituto de Seguridade Social dos Servidores Municipais “Nossa Previ” Emanuel Arcanjo, e dos vereadores: Manoel Gonçalo de Campos (PSDB), Edésio Pompilho (PSC) e Admárcio Prado (PSDB).

 

De acordo com a gerente de relacionamentos do BB, Desire Monteiro dos Santos, o banco foi oferecer ao prefeito Souza, soluções específicas dispostas a alavancar programas que poderão ajudar no desenvolvimento de políticas públicas e de promoção socioeconômico do lugar de 12 mil habitantes, situado cerca de 32 km da capital, Cuiabá, com quase 300 anos de existência, mas não conta com nenhuma agência bancária.

 

Dessa forma, Desire Manteiro conta “que Livramento foi contemplado com as linhas de créditos para a educação, saúde, desenvolvimento econômico, infraestrutura e modernização, pra serem utilizados como investimentos diretamente no beneficio da população local. Todos os projetos viabilizados pelo Banco do Brasil se propõem na diminuição de custos para o poder público.”

 

Ainda, de acordo com a gerente, os projetos são subdivididos em vários eixos, inclusive com projeto destinado em auxiliar na arrecadação do INSS, IPTU, contas de água e demais impostos. E, podem chegar até em 100% de financiamento. Contudo, para ter acesso a eles, se faz necessário à aprovação da Câmara de Vereadores.

 

“Vocês fazem o projeto e os vereadores chancelam onde e quantos serão investidos de créditos. Claro, que para isso, a Prefeitura terá que apresentar alguns documentos, dentre eles; o relatório de gestão fiscal e o relatório de execução orçamentária. Só em cima disso que a gente pode saber o quanto o banco poderá ceder de margem, ou seja, a capacidade que o município tem para endividamento. Eu compararia com um consignado. Venham somar conosco, pois o Banco do Brasil é o mais completo e o mais seguro”, finalizou a gerente.

 

Ao final da reunião, o prefeito Souza explicou que irá estudar a possibilidade de aderir alguma linha de crédito que possa beneficiar toda a população papa-banana. “Nós iremos analisar minuciosamente o que aqui foi proposto, claro, com total responsabilidade diante das nossas finanças.”

Leia mais sobre este assunto:

Previsão do Tempo