Quinta, 26 de outubro de 2017, 10h08   A | A | A
Antecipando

Prefeitura de Livramento recebe livros didáticos para o ano letivo de 2018

“São centenas de acervos de obras literárias, obras complementares e dicionários.”

Assessoria

Livros didáticos 2018

Os livros didáticos para o ano letivo de 2018 já estão de posse da Prefeitura de Nossa Senhora do Livramento. As novas coleções dos livros já estão sendo separados por turmas, faixa etária e escolas na Secretaria Municipal de Educação. Os livros irão abastecer 18 escolas e contemplar 1.800 alunos da rede municipal de ensino. Os livros fazem parte do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), o qual tem como principal propósito prover as escolas públicas de ensino fundamental e médio. São centenas de acervos de obras literárias, obras complementares e dicionários.

 

O Programa é realizado em ciclos trienais alternados. Sendo assim, a cada ano o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) adquire e distribui material para todos os alunos de determinada etapa de ensino e repõe e complementa os livros reutilizáveis para outras etapas.

 

Os municípios e estados fazem a adesão ao programa e, posteriormente realizam a escolha das obras por meio de um guia de livros, disponibilizado no portal do FNDE, na internet. Trata-se de um processo democrático de escolha, em que as equipes pedagógicas realizam a escolha das obras que serão utilizadas pelos alunos nas escolas.

 

Após a formalização da escolha dos livros via internet, a distribuição dos mesmos é feita por meio de um contrato entre o FNDE e a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), que leva os livros diretamente da editora para as escolas ou às secretarias municipais de Educação, para serem distribuídos nas escolas rurais.

 

Assessoria

Secretária municipal de Educação, Maria Auxiliadora

Os livros possuem variedades de temas para atender tanto os alunos como os professores dos anos finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. As obras versam sobre cidadania, cultura afro, cultura indígena, direitos humanos, agro biodiversidade, dentre outras.

 

De acordo com a secretária municipal de Educação, Maria Auxiliadora Cunha, o livro didático é uma ferramenta auxiliar dos professores e equipes pedagógicas no ensino aprendizagem, “já que ele (livro) conduz o aluno à cultura do manuseio, a prática de leituras, ao conhecimento científico e além de tudo, o convida a embarcar nas divertidas viagens do tempo e espaço a que estão inseridas”, destacou a secretária.

Leia mais sobre este assunto:

Previsão do Tempo