Quarta, 08 de novembro de 2017, 17h51   A | A | A
Parceria

Prefeitura de Livramento sinaliza aderir à parceria com o Núcleo de Ações Voluntárias, do governo do estado

“Se concretizar a união, a ação conjunta será atender as necessidades emergenciais dos livramentenses em situação de vulnerabilidade.”

Assessoria

Reunião com Núcleo de Ações Voluntárias

A Prefeitura de Nossa Senhora do Livramento, através da secretaria municipal de Assistência Social sinalizou positivamente na tarde desta quarta-feira (8), selar parceria com o Núcleo de Ações Voluntárias (NAV), do governo do estado. Se concretizar a união, a ação conjunta será atender as necessidades emergenciais dos livramentenses em situação de vulnerabilidade, com medidas que geraram economicidade para o governo.


A reunião para discussão das propostas de adesão às ações aconteceu na sede da secretaria municipal de Assistência Social, em Livramento e reuniu representantes do Poder Publico e privado. A assinatura oficial do Termo de Adesão ao Serviço Voluntário deverá ocorrer nos próximos dias.

 

Constituído em maio de 2015, o NAV é coordenado pela ex-vereadora por Várzea Grande, Cely Almeida, e tem como presidente de honra, dona Eda Taques - mãe do Governador Pedro Taques. O Núcleo possui competências voltadas para a promoção, intermediação e supervisão de ações, projetos e atividades sociais nos municípios, de relevante interesse público e de maneira integrada com todas as secretarias de Estado.

 

“Viemos trazer as boas novas para Livramento”, destacou a coordenadora Cely Almeida que ainda complementou: “Estamos trabalhando com essa ideia de voluntariado no estado inteiro e independe da sigla partidária do gestor municipal.”

 

Assessoria

Reunião com Núcleo de Ações Voluntárias

De acordo com Cely, o município que adere ao serviço voluntário, o NAV auxilia com ações que atendam às necessidades de vulnerabilidade social, seja mulher, homem, adulto, criança ou idoso. “O que nós queremos é aproximar quem quer ajudar de quem precisa de ajuda. O NAV pode coordenador projetos e programas que contemplam quase todas as necessidades da população mais carente e são bancados com recursos provenientes do governo federal, estado e município. Por exemplo; se em Livramento tem 100 famílias que precisam de cestas básicas, mas o município só conseguiu arrecadar apenas 50, o NAV consegue, através de arrecadações de outros lugares, complementar o montante.”

 

Presente na reunião, a primeira-dama livramentense, Marli Verson Gonçalves, destacou a importância do NAV e defendeu a parceria com o governo do estado. Na mesma dinâmica fez a secretária de Assistência Social, Elizabeth Teodoro. “Reconheço a importância do agir voluntário diante de tantas dificuldades pela qual a nossa economia passa, principalmente pelo enxugamento que os programas e políticas públicas de assistência social vêm sofrendo mediante cortes”, salientou Elizabeth.

 

Já o secretário municipal de Finanças, Otarci Nunes, classificou como interessante às propostas do voluntariado, “hoje, 90% da nossa população é composta por pessoas sérias, porém 10%, certamente estragam com a desonestidade. Sendo assim, a iniciativa desse programa de voluntariado, nos dar uma perspectiva de investimentos seguro, de quem doa.”

 

Leia mais sobre este assunto:

Previsão do Tempo